Rinoplastia

Espaço Comunidade
08/08/2017
Doenças de pele podem se agravar no inverno; saiba como prevenir!
21/03/2018

Rinoplastia

 

RINOPLASTIA:

É a cirurgia que visa à correção dos defeitos estéticos e/ou funcionais do nariz. 
Indicação:
Pacientes que apresentam deformidades estéticas do nariz como nariz grande, giba no dorso, ponta mal definida (alargada, estreitada demais, arredondada, baixa, caída, e outras), nariz torto (pós trauma ou pós cirurgia, asas nasais largas. Também tem sua indicação em pacientes com dificuldade respiratória por fraqueza e/ou deformidade das cartilagens nasais (válvula nasal).
Como é feita:
A cirurgia pode ser realizada por dentro do nariz (Rinoplastia fechada) ou então com uma pequena incisão na pele da columela, na parte central do nariz (Rinoplastia aberta). São realizados o reposicionamento e a estruturação das cartilagens e ossos nasais, associados a ressecção das estruturas em excesso (osso, cartilagem e/ou pele). Se preciso, podem ser usados enxertos retirados do septo nasal, da cartilagem das orelhas e cartilagem das costelas. É o que chamamos de “Rinoplastia Estruturada”, de modo que o nariz se apresente estética e funcionalmente melhor.
Possíveis riscos e complicações:
É considerada uma cirurgia de baixo risco. Ocasionalmente pode ocorrer sangramentos importantes em que há necessidade de uso de tampão nasal ou cauterização do vaso sangrante. Em casos mais raros podem ocorrer aderências por cicatrização inadequada e perfuração do septo nasal.
Cuidados pós-operatórios:
Normalmente, o paciente recebe alta no mesmo dia. Tampões nasais, o grande receio dos pacientes não são mais usados, a não ser em caso de complicações, que são raríssimas. Dores são muito leves e quase inexistentes, perfeitamente controladas com analgésicos comuns. A principal queixa é a obstrução e congestionamento nasal devido ao inchaço, que regride em 15 a 20 dias. Deve ser mantido repouso relativo por cerca de 48 horas. Neste período é normal a saída de pequena quantidade de sangue pelo nariz ou garganta. É importante a realização de limpeza nasal rigorosa, com solução de soro fisiológico, especialmente no primeiro mês após o procedimento. Alimentação leve nas primeiras 24 a 48 horas após, e normal daí em diante. A região das pálpebras podem ficar roxas e inchadas, sendo importante fazer compressas geladas sobre os olhos nas primeiras 48 a 72 horas após o procedimento. Evitar exposição ao sol nos primeiros 15 a 20 dias. Atividade física deve ser iniciada somente após 30 dias, sob orientação do cirurgião. Nas primeiras 4 semanas após a cirurgia não se deve usar óculos, ou usar uma proteção sobre a região. Tomar cuidado para não “bater” o nariz. Os primeiros 6 meses são essenciais para a cicatrização do nariz. 90% da cicatrização ocorre neste período e o retorno ao consultório deve ser rigorosamente cumprido de acordo com a determinação do cirurgião.
A Rinoplastia é a cirurgia plástica da face mais realizada no mundo e o índice de satisfação é muito alto. A grande maioria dos pacientes fica totalmente satisfeita. Em cerca de 10% dos casos pode ser necessária uma revisão cirúrgica, que deve ser realizada em, no mínimo, 6 meses após (ideal após 1 ano).
É uma cirurgia complexa, envolvendo um grande entendimento da anatomia e do funcionamento do nariz. Estudo exaustivo, prática intensa, atualização constante e desenvolvimento de técnicas são essenciais para que o cirurgião consiga resultados cada vez melhores e duradouros.
As técnicas antigas causavam resultados imprevisíveis e algumas vezes ruins. A moderna Rinoplastia Estruturada tem mostrado resultados impressionantes e extremamente satisfatórios, tanto do ponto de vista estético como funcional. Buscamos o melhor resultado possível para cada caso e as limitações técnicas são expostas e discutidas com o paciente no pré-operatório, evitando falsas expectativas.
Informações: (65) 2129-8194/ 99221-7403

Os comentários estão encerrados.